Principal / Nutrição / Vitaminas e minerais: essenciais no equilíbrio metabólico e na composição do músculo
vitaminas-minerais

Vitaminas e minerais: essenciais no equilíbrio metabólico e na composição do músculo

Quando falamos de alimentação, percebo que existe uma grande preocupação de muitas pessoas em relação ao adequado consumo dos macronutrientes, caracterizados pelos carboidratos, proteínas e gorduras deixando de lado, ou em segundo plano, o papel e a importância dos micronutrientes, representados pelas vitaminas e minerais no organismo e na saúde humana. As vitaminas e minerais são considerados compostos orgânicos e inorgânicos, respectivamente, que não podem ser produzidos pelo organismo humano, tendo-se como uma exceção a vitamina D, que pode ser sintetizada a partir da exposição solar. Dessa forma, são elementos que precisam ser adquiridos através de uma alimentação adequada ou da suplementação em situações/casos específicos. Cada vitamina e mineral é responsável por desempenhar diversas funções no organismo humano, que podem ser equivalentes ou não em alguns casos, mas que são importantes para a manutenção do equilíbrio metabólico e estrutural de membranas e tecidos do nosso corpo.

Falando de forma geral, as vitaminas e minerais podem atuar como nutrientes reguladores do metabolismo, já que são essenciais para a formação de algumas coenzimas e hormônios que atuam como elementos ativadores de processos enzimáticos e na aceleração de reações químicas. Além disso, elas também podem atuar como componentes estruturais dos tecidos, como na formação de ossos e dentes. Também são importantes para a permeabilidade e proteção de membranas das células, principalmente pelo efeito antioxidante que desempenham. São essenciais na manutenção do equilíbrio ácido-básico do organismo (efeito tamponante), da pressão osmótica, entre diversas outras funcionalidades.

Como forma de exemplo, o magnésio é um mineral que possui uma importante função estrutural, já que é um dos minerais que, em associação com o cálcio e o fósforo, atua na constituição dos ossos. É essencial para a ocorrência de reações de contração muscular, de liberação de energia, de estímulos nervosos, além de atuar como ativador de mais de 300 enzimas associadas ao anabolismo proteico. Ou seja, assim como outras vitaminas e minerais, possui importantes funcionalidades gerais em nosso organismo. Dessa forma, é possível entendermos e relacionar a função desses compostos com os macronutrientes (carboidratos, proteínas e gorduras) adquiridos pela dieta, ou seja, de forma simples, para que o carboidrato produza energia, para que a proteína estimule a formação e manutenção da musculatura, entre outros exemplos possíveis. É necessária a ocorrência e ativação de reações e cascatas do metabolismo, que só ocorrerão de forma efetiva na presença de algumas vitaminas e minerais. Em casos de deficiência desses compostos, a ocorrência adequada e eficiente de muitos desses processos podem ficar limitados, enaltecendo a importância do consumo adequado desses compostos para a manutenção do organismo. Uma alimentação variada, principalmente em alimentos e grupos alimentares, é sempre o melhor caminho para suprir nossas demandas diárias de micronutrientes, já que estão presentes de forma distribuída e em quantidades adequadas nos alimentos. Se seu objetivo é saúde e prevenção de doenças, dê preferência aos advindos pela alimentação, utilizando suplementos polivitamínicos ou antioxidantes apenas em casos específicos, que deverão ser identificados por profissionais capacitados.

Hábitos saudáveis sempre!

Por Hugo Comparotto

Nutricionista
www.nutricionistahugo.com.br
Consultor Científico Atlhetica Nutrition
www.atlheticanutrition.com.br

Deixe seu Comentário!

Veja Também

cafe-expresso

Você sabia que seu hábito de beber café pode ser genético?

Se você bebe uma xícara de café já pensando em tomar a próxima, talvez os …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares
Close