Principal / Fisiculturismo / Definição Muscular / Estratégias para definição muscular no fisiculturismo: riscos, abusos e equívocos
phil-heath

Estratégias para definição muscular no fisiculturismo: riscos, abusos e equívocos

Estratégias comuns para secar de qualquer coach aventureiro e de muitos atletas no bodybuilding não tem segredo (lembrando que não necessariamente considero errado todas as ideias citadas):

– Reduzir os carboidratos gradativamente até zerar se for preciso (não que isso seja um erro);

– Zerar carboidratos por meses sem nenhum tipo de recarga (isso é definitivamente pouco inteligente);

– Aumentar os aeróbicos gradativamente passando de 2-3 horas por dia (tantas horas perdidas na sua vida, podia ser de sexo);

– Aumentar os termogênicos, se for preciso abusar, ok (não estou concordando, lol). Isso inclui altas doses de cafeína, clembuterol, abuso de hormônios da tireoide;

– Aumentar as doses de esteroides, mesmo comendo quase nada de comida, achando que isso vai aumentar a perda de gordura (talvez aumente 1%, lol);

– Abusar de inibidores de aromatase, achando que tem estrogênio impedindo a queima de gordura, quando na verdade o estrogênio já foi embora faz tempo;

– Alguns recomendam cortar sódio confundindo gordura com retenção, e mesmo que fosse o caso ainda seria estúpido;

– Uso constante de diuréticos p manter o shape seco (isso é realmente uma atitude de desespero e completamente imbecil);

– Quando reduzir carboidratos não é suficiente a gordura é zerada, a até mesmo a proteína é reduzida a quantidades muito baixas, como já cheguei a ver 2 claras com brócolis por refeição;

– Existem outras bizarrices como reduzir a água e usar diurético e potássio, fazer HIIT com zero carbo e depois de um treino extenuante (aliás o HIIT é tão banalizado porque a maioria não entende como funciona de verdade), alternar dias de proteína e carboidratos, usar água destilada, cortar frutas por causa da frutose mesmo com carbo baixo.

Por mais bizarro que pareça, muitas vezes funciona, principalmente nos privilegiados geneticamente. Muitos se tornarão campeões fazendo muitas dessas estratégias extremas e equivocadas, o que não significa que isso seja saudável e muito menos eficiente metabolicamente. Na verdade esse tipo de extremismo tende a gerar adaptações metabólicas cada vez mais intensas, no sentido que seu corpo luta para preservar sua vida da sua estupidez e ignorância, e preservar sua vida envolve criar mecanismos homeostáticos para lutar contra a suposta estratégia equivocada de acelerar o metabolismo, quando na verdade vc mesmo acelerou essas adaptações.

Muitos coachs ainda vão colocar a culpa no seu cliente/atleta quando esse fracassar e não atingir os resultados que ele esperaria, uma forma de tortura psicológica simplesmente porque seu metabolismo não responde como dos atletas abençoados geneticamente que se tornam campeões. Como se já não bastasse o inferno mental de passar por tudo isso, vc ainda irá ouvir que é um fraco. Eu entendo que sua fraqueza é na verdade se sujeitar a esse tipo de coisa.

Definitivamente ninguém precisa passar pela maior parte desses extremos e seguir ideias estúpidas de alguém que estudou muito pouco para se colocar na posição de coach, mas a maioria desses caras ainda irá argumentar com o shape e o resultados dos abençoados, porque dos clientes que fracassam e se fodem poucos irão saber. Mas qual o segredo do sucesso desses caras então, muitas vezes é o oportunismo e a coragem de impor isso sem culpa a alguém, afinal, porque alguém se importaria com a sua saúde se vc mesmo parece não se importar, e se vc acredita que esse é o segredo dos campeões. De muitos realmente pode ser, mas por quanto tempo, muitas vezes o tempo que sua saúde física e mental aguentar.

Não penso que esporte de alto nível não exija sacrifício, de fato é difícil atingir certas condições sem entrar em certos extremismos, mas você não pode viver nesses extremos e abusos a maior parte do tempo, e qualquer extremo deve ser pensado e contextualizado numa estratégia que avalia o que virá depois, seja pela saúde, seja pela sua carreira.

Os novatos não tem dimensão do que estou falando, muitos dos mais experientes sim. Eu só quero que as pessoas entendam que ter recursos e condições não vão garantir sucesso e saúde se vc se sujeita a seguir algo perigoso e pouco inteligente sem refletir sobre as consequências. Não deixe que seu sonho de atleta acabe com você, pense!

Abraços, Dudu Haluch

Deixe seu Comentário!

Sobre Dudu Haluch

Dudu Haluch
Mestre em física, estudioso do fisiculturismo. Realiza palestras e cursos sobre hormônios, fisiculturismo, preparação e metabolismo.

Veja Também

mr-olympia-2016-lista

Lista oficial dos competidores do Mr. Olympia 2016

Categoria Open Bodybuilder Atleta País William Bonac Netherlands Justin Compton USA Brandon Curry USA Nathan …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares
Close