Principal / Musculação / Drop Set: a técnica ideal para destruir seus músculos
Arnold Drop Set

Drop Set: a técnica ideal para destruir seus músculos

Acabou a brincadeira aqui no Nutrição & Musculação! Agora vamos falar de coisa séria, de algo intenso, pesado, para quem quer ultrapassar todos os limites, principalmente das próprias roupas. Hoje é dia de falar de hipertrofia de verdade, hipertrofia pra valer, a hipertrofia da hipertrofia. Vamos falar sobre Drop Set.

Infelizmente não é nenhuma promoção ou algo do tipo, mas o Drop Set é uma técnica de treinamento, voltada a quem pensa apenas em crescer e crescer, e quer fazê-lo o mais rápido possível. Para se ter uma ideia, logo de saída posso dizer a vocês que o Drop Set é um treino que, basicamente, guia a vida de um fisiculturista. Acho que, com essa informação, já dá para ter uma noção de como é a coisa.

Antes, no entanto, de explicarmos do que se trata e quais os procedimentos, gostaria de pontuar que, sendo bem sincero, se o seu objetivo nos treinamentos é melhorar a resistência e ter mais força, do que simplesmente ficar grande, não cogite adotar o Drop Set neste momento, porque ele, de fato, ocasiona a hipertrofia muscular, em pouco tempo, e é isso.

Como funciona essa coisa…?

AnilhaO Drop Set é direto ao ponto, digamos assim, e ele dá ao seu praticante o resultado que ele quer, desde que os exercícios sejam feitos corretamente, sem roubo, etc, conforme vimos aqui.

A técnica consiste em pegar o máximo de peso possível (máximo mesmo, não de forma literal) na primeira série de exercícios e fazer repetições até dizer não aguentar mais. Sim, é isso mesmo: até a fadiga muscular dar as caras.

Vamos imaginar um exemplo, para ilustrar: você irá fazer rosca direta e chegou em um nível em que consegue levantar 18kg. Então, esse peso terá de ser erguido por você até o momento em que você perceber que não consegue mais levantá-lo do jeito que deveria.

Daí em diante, você diminui a carga e pega, vamos supor, 16kg. Novamente repete o movimento até não conseguir mais fazê-lo do jeito correto. Diminui novamente para 14 kg e repete o processo. Diminui novamente para 12kg e faz tudo de novo. Diminui novamente e assim sucessivamente, até não conseguir mais fazer nenhuma repetição.

É sério mesmo que tenho de fazer as séries até cansar, sem descanso?

Sim e não. Para se ter os melhores resultados, é adequado que haja o menor tempo possível de descanso entre as séries. Tecnicamente falando, o que o treinamento em Drop Set faz com seu corpo é detonar suas fibras musculares, forçando-as a movimentar mais células de reposição, em menos tempo, gerando assim, a tal hipertrofia tão buscada.

Para isso, é necessária uma intensidade absoluta, aliada com eficiência, para que seus músculos “entendam” que deles será preciso tudo naquele momento. Ou seja, evitar “perder tempo” descansando demais entre as séries é fundamental.

Mas eu não posso passar mal desse jeito?

BarraBom, acreditamos que você usará seu bom senso e respeitará de verdade os limites do seu corpo. O Drop Set é uma técnica de treinamento, assim como todas as outras, e ela deve ser feita baseada, fielmente, no princípio de atingir a fadiga muscular.

Se, por acaso, você imaginar que até consegue forçar mais um pouco, mas sabe que terá de fazer ainda mais uma série, com menos peso, para manter-se dentro do planejamento inicial, é melhor guardar esse pique para o próximo peso, fazendo-o direitinho.

Outra coisa que pode ser salutar é, a despeito de fazer o treino até a exaustão, sem se preocupar com um número de repetições pré-determinado, definir um limite a seguir. Portanto, ter como base o objetivo de fazer entre 6 a 12 repetições, de acordo com o peso (quanto menos repetições, mais peso, e vice-versa), é uma boa escolha também.

E…quantas vezes faço essa sequência por exercício?

 

Apesar de as séries serem agressivas, a notícia boa é que apenas um conjunto delas basta para finalizar o exercício. Assim como no treinamento em Pirâmide (veja aqui), ao acabar as séries determinadas (no caso do Drop Set, até dar a fadiga final), já se pode partir para o próximo exercício.

Além disso, há educadores físicos que defendem fazer o Drop Set de forma moderada, apenas uma vez por semana e/ou para somente um grupo muscular. A argumentação é que isso evitaria o overtrainning (em outras palavras, o treino deixar de fazer o efeito que deveria), além de preservar seu corpo para a sequência de sua “carreira” na musculação.

Levantamento Terra

O mais importante aqui, como em qualquer técnica de treinamento ou iniciativa que você tenha para atingir um objetivo na musculação, é lembrar-se que não existe milagre. Se seu anseio é ficar “fortão”, a dieta e o descanso também vão contribuir para isso. Na realidade, eles têm tanto peso quanto no sucesso da coisa toda.

O Drop Set não o tornará uma montanha de músculos do dia para a noite e, sendo honesto, a intenção é mais te fazer alguém forte psicologicamente, que acredita em seu potencial e, principalmente, sabe e respeita os limites do seu corpo, do que qualquer coisa. De acordo com o que dissemos no início do artigo, é uma técnica que rege a vida de nada mais, nada menos, fisiculturistas, atletas que vivem de esculpir seus corpos.

Com tudo isto posto, já posso fazer a pergunta de sempre: bora treinar!?

Até a próxima!

Este artigo é de autoria do site “Nutrição & Musculação”. É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo sem prévia autorização.

Deixe seu Comentário!

Veja Também

terry-crew

Conheça a rotina de treinos e dieta de Terry Crew

Ele tem 48 anos, ele é engraçado, e ele ainda está num corpo inspirador. Você …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Shares
Close